Volte ao SPIN

segunda-feira, 11 de maio de 2009

Os códigos das relações sociais

Devido à complexidade deste sistema, está sendo por demais complicado para este spin desenvolver a obra.
Não por falta de vontade, mas porque tem coisas demais a serem trabalhadas, além do mais este spin tem tarefas a cumprir, coisas relativas à sua sobrevivência.
Tem coisas no email, orkut, facebook, twitter, delcious, my spyce, sonico, hi5, qick, etc, que por absoluta falta de tempo não estão sendo postadas no spin, mas com certeza farei isso, não sei quando, eu precisarei de um grupo de auxiliares, fotógrafo, videasta, etc,
nesta noite sonhei com 3 velhos casarões fechados
, ah sei, o do meio o código 1 - espiritualidade, - Casarão A
o casarão B, que ficava à esquerda do A, era um prédio do INSS que fica na avenida Anhanguera com a Rua 23 no centro de Goiânia, este prédio de arquitetura decor foi doado na Era FHC, enfim foi trocado por um barracão na periferia de Goiânia, o processo que foi aberto contra para apurar o caso virou cinzas durante um incêndio em Brasília.
Havia uma terceira casa, o casarão C, a sexualidade, à esquerda do casarão A.
Uma mensagem relativa aos códigos da vida ou das relações sociais no spin
Não apenas das relações de humanos para humanos como também de respeito para com os animais( dos vírus aos dinossauros) e pessoas jurídicas ( de seitas religiosas a supermercados).

Não Sei Onde Eu Estava

Nova realidade

Na nova realidade ou Instruções da Nova Realidade de Idéia Sem Morte no Coração das Américas, muda tudo,
Esquecam do velho mundo, aquele onde os sócios da sociedade não eram levando em conta.
E por acaso não aprendereis nem mesmo com a peste porcina, a revolução dos bichos?
Os animais, através de suas armas, estão obrigando exércitos a se moverem, há movimentações nos aeroportos, o Dia das Mães nem foi comemorado por causa do vírus do porco.
Se fosse só o porco tava bom, ainda tem o frango com sua gripe aviária, a vaca com a síndrome da vaca louca.,,

A complexidade ou dificuldade de levar esta obra adiante

Esta obra se tornou por demais complexa para mim, há vários pontos, não sei por onde começar, se pelos serviços Hospital, Deiscências, Biblioteca e Jornal ou por aqui.
Há coisas bacanas a postar nos pontos "serviços", coisas sobre Augusto Boal, a blogosfera política da qual participo está ótima, minha vida social aqui em Terezinha digo Terezinha - PI está muito movimentada.
A capa desta obra é o lugar mais visível, por isso fico assim meio sem querer começar por lá, talvez eu tenha que começar mesmo por aqui.