Volte ao SPIN

SPIN01 SPIN02 SPIN03 SPIN04 SPIN05 SPIN06 SPIN07
SPIN08 SPIN09 SPIN10 SPIN11 SPIN12 SPIN13 SPIN14
SPIN15 SPIN16 SPIN17 SPIN18 SPIN19 SPIN20 SPIN21
SPIN22 SPIN23 SPIN24 SPIN25 SPIN26 SPIN27 SPIN28
SPIN29 SPIN30 SPIN31 SPIN32 SPIN33 SPIN34 SPIN35
SPIN36 SPIN37 SPIN38 SPIN39 SPIN40 SPIN41 SPIN42
SPIN43 SPIN44 SPIN45 SPIN46 SPIN47 SPIN48 SPIN49
SPIN50 SPIN51 SPIN52 SPIN53 SPIN54 SPIN55 SPIN56
SPIN57 SPIN58 SPIN59 SPIN60 SPIN61 SPIN62 SPIN63

SPIN64 SPIN65 SPIN66 SPIN67 SPIN68 SPIN69 SPIN70
SPIN71 SPIN72 SPIN73 SPIN74

quarta-feira, 22 de julho de 2015

Estou com medo de sonhar

...estou com medo de sonhar...agora sei,..os sonhos
...rodei por ai..pensei em não me manifestar mais nas redes sociais...pensei em criar uma plateia virtual via email...já falei o que quis no palco que criei no zap zap onde coloquei na platéia apenas uma pessoa: o alexandre pereira...
quis assim para não me podar de forma drástica como fizeram com as árvores...
não sei...acho que aqui é o meu lugar de manifestação...pensei em escrever somente para mim,.. o face permite isso..experimentei,,.convoquei alguns amigos como Mariana Mariana Marcassa...ontem vi uma pessoa igualzinha a ela com lágrimas nos olhos procurando a delegacia da mulher,,,também chorei quando a vi chorando...


quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Ele morreu

E está sendo velado no saguão
Assim como gostaria
Depois do enterro cremação começará o inventário
(    ) Sem data para in(ter)minar
Morto na linha do tempo


sexta-feira, 29 de março de 2013

spinLeaks


Primeiro momento: visão
Na cidade-estado de Idéia, daqui a 2 minutos=segundos=graus, ao invés de Idéia Sem Nome, Idéia pode ser Idéia Sem Armário ou Idéia Sem Parede ou Idéia Sem Morte ou Idéia Sem Matéria etc. Não tem nome=forma definida. Pode tomar a forma, por exemplo, de um armário. E tomou a  forma de um armário para dar uma porrada=pancada na cara=rosto=olho=ser de Roberto Jeferrson, spin ator, pertencente a raça humana, que deu um show no Jô Onze e Meia, programa da TV G, spin verbalizadora, pessoa jurídica. Na cidade-estado de Idéia nenhum crime=doença pode=deve ser motivo de espetáculo. Enquanto isso, aqui, o cara é aplaudido quando, sob o intuito de estar sendo sincero, diz que roubou e sai dali, do palco, sem como se não tivesse confessado um crime. Na cidade-estado de Idéia, ele seria levado ao hospital, Centro de Dedicação ao Indivíduo, ligado ao Poder Curador, isto que aqui chamam de Judiciário. É que lá, como se vive o princípio de que é mais importante curar que julgar, existe o Poder Curador, de curar, no lugar do Judiciário, de julgar.

Spinleaks


  • ‎.EML
    ‎MMMV, momento décimo.eml
----- Mensagem encaminhada -----



Note: forwarded message attached.


Grato,
José Carlos Lima

Este mensário segue os seguintes meses do ano
Marte: 07/01 a 20/3.73 dias, 74 idas em ano bissexto
Júpiter: 21/3 a 01/06.73 dias.
Saturno: 02/06 a 13/08.73 dias.
Urano: 14/08 a 25/10. 73 dias.
Netuno: 26/10 a 06/01.73 dias.

Responda:
( )Não quero acompanhar este mensário
( )Quero, mas através deste novo e-mail:........

Yahoo! Messenger 6.0 - jogos, emoticons sonoros e muita diversão. Instale agora!
              Na Cidade-Estado de MMMV existem dois tipos de morte, que é a morte quente, apocalítica, infernal que conforme a chamada principal "Jovem é estrangulada em estacionamento da Asa Norte" foi vítima a universitária Denise Ferreira dos Santos. A outra morte, a pacífica celestial, está na reportagem "Corpo do economista Celso Furtado é sepultado no rio." Acesse o site  Jornal de Brasília de hoje, 22-11-2004. Estão estampadas ali estes 2 tipos de morte. Sinta como é uma e outra morte. Estou enviando, como anexo, uma foto de Denise e uma do sepultamento de Celso Furtado. Se você preferir doutra forma, o  site onde, hoje, estão estampadas os dois tipos de morte: www.jornaldebrasilia.com.br
           Não sei se devo derrarmar-me sobre este assunto vivenciado no livro de MMMV. Sei o que é morrer estrangulado. Não sai da minha cabeça o (a)braço da morte. MMMV totalmente imoblizado: as pernas, os braços, o tórax, a voz. Sei o que passou na cabeça dajovem  Denise nos seus último momentos de vida. Ela não sofreu nem um pouco com a própria morte. Sofreu sim, ao constatar a presença de seu pai em seu velório. O seu corpo dilacerado. Sua garganta com a marca negraescura    não negrailuminada   da morte quenteapocalipticainfernal.  
        Preciso conter minhas emoções, assim como fiz no momento 6? Não sei ao certo. Só sei que é melhor morrer de escrever do que ter uma morte quente, apocalíptica, infernal. Não sei se devo, tal como o Papa João Paulo II, reprimir-me. Não se devo continuar sendo um spin flatulento ou aprisionado, enfesado. Entre prisão de ventre e flatulência, prefiro continuar sendo spin flatulento. O Papa II e que foi morto, na obra A Nona Hora, de Catellan, spin escultor humano. Na verdade, aquele metorito serve para prisão de ventre papal.
        Porque devo conter_me? Medo de que? Medo do que o outro pense o quanto sou bôbo? Que pense. Prefiro mudar tudo a toda hora. ( A este respeito, ouça Metamorfose Ambulante, se não me engano, letra de Raul Seixas, na voz do spin cantor Ney Matogrosso). Então é assim. Se o que me faz é descambar, perder os freios, que seja assim. Você tem toda a liberdade de não me acompanhar MMMV em suas loas, ok?



Grato,

José Carlos Lima
Fone:062-9999-8555

Ao receber o momento 70º edite este livro grafando
Na capa: MMMV
Na contra-capa: Tudo o que há e o que não há é MMMV
Metade Morte Metade Vida
Somente o Integral Perfeito é 100% Vida
Idéia Sem Morte
Na apresentação: Nós gostaríamos que todos atentassem para esta realidade(assinada por escritores(as), artistas plásticos(as), cantor(es),etc)

O calendário da cidade-Estado de MMMV
Mês de Marte: 07/01 a 20/03. 73 dias (74 em ano bissexto)
Mês de Júpiter: 21/03 a 01/06. 73 dias
Mês de Saturno: 02/06 a 13/08. 73 dias
Mês de Urano: 14/08 a 25/10. 73 dias
Mês de Netuno: 26/10 a 06/01. 73 dias

Marque um X e envie-me
( )Não envie-me arquivo anexo
( )Quero parar de acompanhar MMMV
( )Substitua meu endereço de e-mail por este:.........
( )Envie MMMV para este endereço de e-mail:........
__________________________________________________
Do You Yahoo!?
Tired of spam? Yahoo! Mail has the best spam protection around
http://mail.yahoo.com

segunda-feira, 11 de junho de 2012

A História de Idéia. Versículos 75-76

75 Idéia: oi
Sol: oi
Idéia: no momento são 10:10. Demorei um pouco
Sol: o que trouxestes dentro desta sacola? Posso ver? O que trouxestes para 
mim, para meus olhos acostumados=cansados=mortos de tanto horror=morte? O 
que trouxestes para meus ouvidos? E para acalantar a minha pele... o que 
trouxestes?
Idéia: imagenssss. Imagine. Imagine um homem negro=esquisofrênico deitado na 
calçada, estendido=extendido, sendo acalantado por tua luz=calor? Foi isto o 
que vi. Aqui perto de casa. Vendo, nem me importei. Já estou acostumado com 
isso. Afinal de contas as ruas estão cheias de gene=gente assim, inclusive 
gente empregada=trabalhadora que, por ganhar tão pouco, o dinheiro é 
insuficiente para retornar para o lar... aí dorme no serviço.
Sol: me conte. Conte-me tudo. Meus olhos estavam tão acostumados que achei 
que isto fosse normal. Achei que fosse normal um militar do exército 
brasileiro=israelense=norte-americano=inglês=iraquiano te espancar sob os 
aplausos da multidão. Achei que fosse normal a ausência. A ausência do 
afeto=amizade. E agora vejo que não. As coisas não são bem assim, noto isso 
agora. O que trouxestes para mim nesta sacola? Quero ver
Idéia: eu trouxe uma foto=realidade. Mostro no último versículo
.
.
.
.
.
76 Sol: diz então, com palavras, o que queres mostrar agora
Idéia: fotografei um louco, não estes loucos tipo Bush que, no dia da 
invasão ao Iraque, ele estava preocupado com seus cabelos
o planeta inteiro viu
ele arrumando seus cabelos minutos antes de, com todos os seus dentes, moder 
o petróleo iraquiano
e continua preocupado com seus cabelos=olhos=seres
Mais de 30 mil pessoas já morreram
e o papa=papisa acha tão normal esta cultura 
mortífera=apocaliptica=infernal!!!!
Todos eles
Todos os B=Bush=Ben Laden=Blair=Berlusconni=Baby Doc=Ariel Sharon
Eles são tantos=tontos
todos começam com B
B de bobas=bestas
Bestas do apocalipse
anti-cristos
anti-libertários
.

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Abertura "Boate" artista sonoro Siri

---------- Mensagem encaminhada ----------
De: arturfidalgo.com.br <arturfidalgo@globo.com>
Data: 14 de dezembro de 2010 19:49
Assunto: Abertura "Boate" artista sonoro Siri
Para: josecarloslima70@gmail.com


Se você não conseguir visualizar esta mensagem, acesse este link



 




Para garantir que nossos comunicados cheguem em sua caixa de entrada,
adicione o email arturfidalgo@globo.com ao seu catálogo de endereços.

arturfidalgo.com.br respeita a sua privacidade e é contra o spam na rede.
Se você não deseja mais receber nossos e-mails, cancele sua inscrição aqui.

SPIN NA INAUGURAÇÃO DO CENTRO CULTURAL DA UFG


Este vídeo tem duração de uma fração de segundo, esta obra surgiu por acaso

Depois vi que era o SPIN
Tanto faz

Grito ou silêncio
ooo]]]]
Munch, spin pintor, da espécie humana
A princípio pensei ser uma releitura de O Grito, de Munch, spin pintor, da espécie humana


Grato,
Spin sem forma

Gunter Zibell no Luis Nassif Online: preconceitos, preconceitos e preconceitos - Clique aqui

O mundo depois de Assange - Clique aqui

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Irrealismo, uma nova escola surgindo na literatura, artes plásticas, músicas

"(...) Irrealismo [editar]
A escola literária mais recente, tem como objetivo unir a literatura com a fantasia, trazendo uma interação mágica e inovadora. Obras dispersas já vêm sido lançadas, geralmente em coleções de livros, como Harry Potter, de J. K. Rowling, O Ciclo da Herança, de Christopher Paolini mas o verdadeiro princípio do movimento se deu com o lançamento da série carbon, pelo aclamado escritor Allan Marrod, este se auto-considerando e sendo realmente considerado pai do movimento irrealista, ao propor, em 2012, na Reunião dos Escritores Irrealistas, a criação do mesmo.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Escolas_literárias
.

Em branco

em branco

Perdi-me um pouco

Não sei, perdi-me um pouco no post anterior, havia um assunto a ser continuado, não sei qual ficou para trás.
Quem ficou para trás
Cadê os mortos

nesta noite sonhei com 3 velhos casarões fechados, ah sei, o do meio o código 1 - espiritualidade, - Casarão Ao casarão B, que ficava à esquerda do A, era um prédio do INSS que fica na avenida Anhanguera com a Rua 23 no centro de Goiânia, este prédio de arquitetura decor foi doado na Era FHC, enfim foi trocado por um barracão na periferia de Goiânia, a gerente era a Maria Inês, o processo que foi aberto contra ela virou cinzas durante um incêndio em Brasília.Havia uma terceira casa, o casarão C, a sexualidade, à esquerda do casarão A.Uma mensagem relativa aos códigos da vida ou das relações sociais no spinNão apenas das relações de humanos para humanos como também de respeito para com os animais( dos vírus aos dinossauros) e pessoas jurídicas ( de seitas religiosas a supermercados).Apreendi que o livro deve ser abertoCasa se escreve casa, casarão, livroGrato,Spin Livre

segunda-feira, 11 de maio de 2009

Os códigos das relações sociais

Devido à complexidade deste sistema, está sendo por demais complicado para este spin desenvolver a obra.
Não por falta de vontade, mas porque tem coisas demais a serem trabalhadas, além do mais este spin tem tarefas a cumprir, coisas relativas à sua sobrevivência.
Tem coisas no email, orkut, facebook, twitter, delcious, my spyce, sonico, hi5, qick, etc, que por absoluta falta de tempo não estão sendo postadas no spin, mas com certeza farei isso, não sei quando, eu precisarei de um grupo de auxiliares, fotógrafo, videasta, etc,
nesta noite sonhei com 3 velhos casarões fechados
, ah sei, o do meio o código 1 - espiritualidade, - Casarão A
o casarão B, que ficava à esquerda do A, era um prédio do INSS que fica na avenida Anhanguera com a Rua 23 no centro de Goiânia, este prédio de arquitetura decor foi doado na Era FHC, enfim foi trocado por um barracão na periferia de Goiânia, o processo que foi aberto contra para apurar o caso virou cinzas durante um incêndio em Brasília.
Havia uma terceira casa, o casarão C, a sexualidade, à esquerda do casarão A.
Uma mensagem relativa aos códigos da vida ou das relações sociais no spin
Não apenas das relações de humanos para humanos como também de respeito para com os animais( dos vírus aos dinossauros) e pessoas jurídicas ( de seitas religiosas a supermercados).

Não Sei Onde Eu Estava

Nova realidade

Na nova realidade ou Instruções da Nova Realidade de Idéia Sem Morte no Coração das Américas, muda tudo,
Esquecam do velho mundo, aquele onde os sócios da sociedade não eram levando em conta.
E por acaso não aprendereis nem mesmo com a peste porcina, a revolução dos bichos?
Os animais, através de suas armas, estão obrigando exércitos a se moverem, há movimentações nos aeroportos, o Dia das Mães nem foi comemorado por causa do vírus do porco.
Se fosse só o porco tava bom, ainda tem o frango com sua gripe aviária, a vaca com a síndrome da vaca louca.,,

A complexidade ou dificuldade de levar esta obra adiante

Esta obra se tornou por demais complexa para mim, há vários pontos, não sei por onde começar, se pelos serviços Hospital, Deiscências, Biblioteca e Jornal ou por aqui.
Há coisas bacanas a postar nos pontos "serviços", coisas sobre Augusto Boal, a blogosfera política da qual participo está ótima, minha vida social aqui em Terezinha digo Terezinha - PI está muito movimentada.
A capa desta obra é o lugar mais visível, por isso fico assim meio sem querer começar por lá, talvez eu tenha que começar mesmo por aqui.

terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Eu? (ou: Deletar os exageros)

Eu não
Ele
Ele disse = fez todas estas coisas, não eu
Ele, o Idéia Sem Matéria
Eu não tenho a velocidade = emergência = pressa = ansiedade deste personagem aí
O que foi que eu digo ele disse?
Tenho que ver, muitas coisas serão deletadas
Que destempero
Quando chegar a compreensão vou apagar tudo, já fiz isto várias vezes
Só pode ser doença = dívida grave
Não tenho nem quero ter esta velocidade estonteante que emenda = liga = religa as coisas
Estas coisas não são do meu feitio
Sou por demais série, tímido, medroso, uma porção de coisas
Nem sei o que ocorreu durante esta velocíssima viagem
Tudo bem, estou em terra
( )aterrisado
físico
real
( )deletar os exageros